Calorimetria

A meta aqui é conseguir identificar os tipos de calor e aplicar as equações. Presta atenção!

É importante saber que existem dois “tipos” de calor:

  1. Calor Sensível e
  2. Calor Latente

No final das contas o que você precisa lembrar é que Calor sensível tem a ver com mudanças na temperatura dos corpos e calor latente com mudanças de fase (ou estado físico).

Simplificando, temos:

calorsensivellatente

Mas a vida não é tão simples, e quando você fizer uma prova, é muito provável que você tenha que calcular a quantidade de calor trocado.

E aí temos umas equações. Oba! =)

Vamos começar com o calor sensível:

Precisamos basicamente de três informações pra saber a quantidade de calor que o corpo trocou:

a) Massa do corpo

b) Substância de que é feito o corpo

c) Variação de temperatura

Assim, ficamos com a seguinte formulinha pro calor sensível:

qmcdt

Transmissão de Calor


A idéia é simples: a quantidade de calor que devemos dar (ou retirar) de um corpo para alterar sua temperatura depende da massa do corpo, da susbtância de que é feito o corpo e da variação de temperatura que queremos gerar.

Vamos agora ao calor latente:

A primeira coisa que você precisa entender é que enquanto o corpo (substância pura) muda de fase, a sua temperatura permanece constante!

Exemplo: enquanto o gelo a 0°C vai derretendo, ele permanece com a temperatura constante, até virar água a… 0°C. Entendeu? Enquanto a fase muda, a temperatura não muda.

Assim, para a equação do calor latente precisamos apenas da massa do corpo e da sua substância. Derreter gelo é diferente de derreter ouro, certo?

Ficamos com a seguinte fórmula para o calor Latente:

qml

A quantidade de calor que devemos dar (ou retirar) de um corpo para alterar sua fase depende da massa do corpo e da susbtância de que é feito o corpo.

Pela última vez, se o corpo (substância pura) muda de fase, não há variação de temperatura, hein?

Só pra não perder o ritmo…resumo básico de Transmissão de Calor em 4 tópicos.

1) Calor:

É energia térmica em trânsito, ou seja, a energia que flui de um corpo para outro devido a uma diferença de temperatura.

calor

2) Condução:

Processo de transmissão (propagação) do calor particula-a-particula.

condução

Não há condução se não houver um meio material, ou seja, não há condução no vácuo.

3) Irradiação:

Propagação do calor por meio de ondas eletromagnéticas (luz, raios infravermelhos, etc…)

Ondas eletromagnéticas se propagam no vácuo!

4) Convecção:

Basicamente é o movimento de um fluido devido à diferenças dedensidade.

A porção do fluido com maior temperatura expande, fica menos densa, e sobe, enquanto que a porção do fluido com menor temperatura sofre contração, fica mais densa e desce.

Um exemplo clássico de convecção é o aparelho de ar-condicionado.

Ele fica sempre (ou deveria ficar) no alto, certo? Pq?

ar mais gelado, que sai do aparelho de ar condicionado, é mais denso e desce, enquanto o ar mais quente, menos denso, sobe.

convecção

Esse ar mais quente entra em contato com o ar gelado que continua saindo do ar condicionado, fica mais gelado e desce, empurrando pra cima o ar que já esquentou…e assim por diante.

Fonte: http://www.desconversa.com.br/fisica/secao/calorimetria/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s